Cartas da Guerra

Tipos de Gêneros dramáticos: Drama
Veja Rio
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

(Divulgação/Reprodução)

Em 1971, durante a Guerra Colonial Portuguesa, o médico António (Miguel Nunes, na foto) parte para o interior de Angola, deixando em Lisboa sua esposa grávida. Cartas da Guerra reúne os textos de amor do protagonista para sua mulher, extraídos do livro de António Lobo Antunes. Como suporte visual, há sequências, em bela fotografia em preto e branco, sobre o cotidiano do doutor em meio às dores dos conflitos bélicos. A combinação fascina a princípio, mas a longa duração torna o registro arrastado e exaustivo. Direção: Ivo Ferreira (Portugal, 2016, 105min). 14 anos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s