• 22 (Crédito: Reprodução Youtube)

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

O ponto de partida da comédia dramática francesa Beijei uma Garota instiga. Na Paris que aprovou o casamento gay, o empresário Jérémie (Pio Marmaï) vai, finalmente, oficializar sua união com o médico Antoine (Lannick Gautry), seu companheiro há uma década. Mas, poucos dias antes da cerimônia, Jérémie, de 34 anos, transa, pela primeira vez na vida, com uma mulher — no caso, a sueca Adna (Adrianna Gradziel). O protagonista entra em parafuso e pede conselhos ao sócio falastrão e mulherengo (papel de Franck Gastambide). Maxime Govare e Noémie Saglio escreveram e dirigiram uma história de desventuras amorosas contemporâneas na intenção de acenar à diversidade sexual e ao público GLS. Embora tenha picos de humor espirituoso (sobretudo na composição da família de Jérémie), a trama perde totalmente o rumo e o propósito na meia hora final. Entram em cena situações improváveis e um patético desfecho, que tenta conciliar homos e héteros numa celebração falsificada da felicidade. Estreou em 30/7/2015.

Ficha técnica

Direção: Noémie Saglio e Maxime Govare

Duração: 98 minutos

Recomendação: 14 anos

País/Ano:

Publicidade

Publicidade