• Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Resenha por Rafael Teixeira

Após deixar a clínica psiquiátrica onde estava internada, Karin (Gabriela Duarte) se junta à família: Martin (Marcos Suchara), o marido zeloso, David (Joca Andreazza), o pai egocêntrico, e Max (Lucas Lentini), o irmão mais novo imaturo. O que deveria ser um temporada feliz em uma casa de veraneio logo desanda: tendo a instabilidade emocional de Karin como estopim, evidencia-se o desmoronamento das relações familiares. Adaptação, assinada pela inglesa Jenny Worton, do longa homônimo do sueco Ingmar Bergman (1918-2007), vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro em 1962, o drama Através de um Espelho dribla julgamentos dos personagens. Ao contrário, expõe a incomunicabilidade do quarteto com frieza cortante e algo distanciada — condizente com a nacionalidade de Bergman. Sob direção de Ulysses Cruz e fora da zona de conforto das mocinhas televisivas, Gabriela acerta ao investir nas modulações de sua personagem, em vez da caricatura da doente mental. Destaque para o apuro visual da montagem, na cenografia de Lu Bueno, na luz de Domingos Quintiliano e nos figurinos de Cassio Brasil

Ficha técnica

Duração: 75 minutos

Recomendação: 12 anos

Publicidade

Publicidade