• 22 (Crédito: Reprodução Youtube)

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

É um desastre sem tamanho o primeiro longa-metragem do artista plástico José Roberto Aguilar. Trata-se de uma história original, mas comandada com afetações estéticas, roteiro anêmico, direção de arte e figurinos chinfrins. No drama, o professor de literatura russa Nikitin (papel de Vadim Nikitin) vai ajudar uma mulher que sofre de dupla personalidade. Joana (Leona Cavalli) é Joana e, às vezes, transforma- se em Anna Karenina, a personagem do romance de Tolstói (1828-1910). O tom solenemente teatral da atriz não combina com o modo despojado de atuação de seu único parceiro de cena — e este é apenas um dos problemas. Estreou em 30/4/2015.

Ficha técnica

Direção: José Roberto Aguilar

Duração: 80 minutos

Recomendação: 14 anos

País/Ano:

Publicidade

Publicidade