Além da Ilusão

Tipos de Gêneros dramáticos: Drama
Veja Rio
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Tiago Faria

(Divulgação/Divulgação)

Natalie Portman (foto) roubou a cena no Festival de Veneza de 2016 como a estrela da cinebiografia Jackie, sobre a primeira-dama Jacqueline Kennedy. Naquela mesma mostra, no entanto, pouco se falou sobre a interpretação da atriz no drama Além da Ilusão, exibido fora da competição principal. Tão ambicioso quanto confuso, o filme de época assinado pela francesa Rebecca Zlotowski (de Grand Central) erra em um quesito básico: o de seduzir o espectador. Ambientada na década de 30, a trama acompanha duas irmãs que ganham dinheiro apresentando números de mediunidade na Europa. Laura (papel de Natalie) e Kate Barlow (Lily-Rose Depp, filha de Johnny Depp e Vanessa Paradis) logo caem nas graças de um produtor de cinema (Emmanuel Salinger) e se envolvem na realização de um longa-metragem de arte. A intenção da diretora parece ser registrar a atmosfera decadente da arte europeia pouco antes da II Guerra. O resultado frouxo, contudo, apenas entedia. Direção: Rebecca Zlotowski (Planetarium, França, 2016, 98min). 14 anos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s