• Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

Durante a II Guerra, cerca de 25 000 soldados brasileiros foram enviados à Itália. A história de A Estrada 47 enfoca o drama de quatro deles. Depois de passar um sufoco no alto de uma montanha, Guima (Daniel de Oliveira), Tenente (Julio Andrade), Laurindo (Thogun Teixeira) e Piauí (o ótimo Francisco Gaspar) encontram abrigo numa casa abandonada. Lá, conhecem um repórter fotográfico (papel do português Ivo Canelas), que vai acompanhá- los numa difícil missão. O quarteto terá de encontrar e desarmar minas terrestres na estrada do título para os americanos chegarem a uma pequena cidade isolada. Em requintada produção de época, bancada por Brasil, Itália e Portugal, a trama tem lá seus momentos de suspense e drama, além de um argumento bastante original no cinema nacional. Contudo, as dificuldades enfrentadas pelo diretor Vicente Ferraz (de Soy Cuba, o Mamute Siberiano), sobretudo nas filmagens sob rigoroso inverno, são refletidas no ritmo trôpego da narrativa — ora o filme dá uma boa arrancada, ora só pega no tranco. Estreou em 7/5/2015.

Ficha técnica

Direção: Vicente Ferraz

Duração: 107 minutos

Recomendação: 12 anos

País/Ano:

Publicidade

Publicidade