Envie sua imagem

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

Em junho de 2009, Maziar Bahari (Gael García Bernal), iraniano radicado em Londres e repórter da revista Newsweek, voltou ao seu país de origem para cobrir a eleição presidencial e visitar a mãe. A disputa entre o extremista Mahmoud Ahmadinejad e o reformista Mir Hossein Mousavi mobilizou a nação. Partidário do segundo, Bahari envolveu-se com ativistas do candidato e deu uma entrevista que mudou o rumo de sua estada. 118 Dias é o título nacional de Rosewater (água de rosas) e refere-se ao período que o protagonista passou na cadeia. Acusado de ser espião dos Estados Unidos, foi interrogado à exaustão e torturado. A versão do livro Then They Came for Me: A Family’s Story of Love, Captivity, and Survival, escrito pelo jornalista, é o primeiro trabalho como diretor do apresentador de TV Jon Stewart. Nota-se a falta de experiência no ramo. Embora o mexicano García Bernal se esforce para vivenciar o tormento do personagem, o filme suaviza demais a passagem na solitária. Também quebram o ritmo os diálogos de Bahari com os fantasmas do pai e da irmã entre quatro paredes. Estreou em 5/3/2015.

Ficha técnica

Direção: Jon Stewart

Duração: 103 minutos

Recomendação: 14 anos

País/Ano:

Publicidade

Publicidade